Archive for novembro 18th, 2017

Casal morre, por asfixia, quando fazia sexo de forma insegura

Carro onde foram encontrado os corpos / Foto: Getty Images

Um casal morreu asfixiado dentro do próprio carro numa estrada rural de Campo Novo do Parecis, cidade no interior do estado brasileiro de Mato Grosso, durante o que a polícia local classificou como uma provável sessão de sexo. Os corpos foram encontrados já sem vida no banco de trás do automóvel, completamente nús.

De acordo com a perícia inicial realizada no veículo e nos corpos das duas vítimas, Cleiton Ficner, de 28 anos, e Anágela Alencar, de 24, morreram sufocados dentro do carro, totalmente fechado, devido à aspiração de monóxido de carbono expelido pelo próprio veículo, que foi mantido ligado, e que, por motivos ainda não esclarecidos, invadiu o compartimento interno.

Anágela Alencar e seu namorado Cleiton Ficner / Foto: Getty Images

Ainda de acordo com a perícia, não há qualquer vestígio de violência nos corpos que possa levantar a suspeita de ação criminosa de terceiros.

A polícia do Mato Grosso adiantou que as primeiras informações sobre o caso apontam que Cleiton e Anágela se amavam, mas que eram forçados a manter o seu relacionamento em completo segredo. Por isso, procuravam locais ermos e discretos para se encontrarem, como a estrada rural na periferia da cidade, onde foram localizados já sem vida.

Fonte: http://www.cmjornal.pt/mundo/detalhe/morrem-asfixiados-dentro-de-carro-durante-sessao-de-sexo

Joanilson Rêgo: “Zé e Gari estão vencidos”

Garibaldi Alves, José Agripino e Joanilson de Paula

Com a proximidade das eleições de 2018, diversos nomes estão começando a se apresentar como opções para a disputa do Senado Federal pelo Rio Grande do Norte, afinal, duas das três cadeiras que são ocupadas por parlamentares potiguares na Casa estarão em jogo. Elas correspondem, atualmente, aos mandatos de Garibaldi Alves Filho (PMDB) e José Agripino Maia (DEM), e entre os postulantes a uma delas está o advogado e ex-vereador de Natal Joanilson de Paula Rêgo, presidente do PSDC no RN.

Em entrevista concedida ao Portal Agora RN / Agora Jornal nesta sexta-feira, 17, Joanilson abordou a disputa para o Senado em 2018. Questionado sobre os nomes de Garibaldi e Agripino, que já foram colocados por eles próprios como candidatos a reeleição na Casa Legislativa, o advogado demonstrou rejeição e pediu à população de Natal que promova mudança nas cadeiras no ano que vem, apontando a reforma política como uma das razões para que os eleitores mudem seus representantes.

“Acredito que há uma necessidade imensa de renovação nos quadros políticos e essa renovação se expressa através de duas propostas. Primeiramente, tenho que avaliar a situação nacional. Acho que sem um grupo exclusivo para atualizar a Constituição, nós teremos mudanças feitas por um congresso ordinário, o que significaria legislar em causa própria”, declarou Joanilson, completando seu raciocínio em seguida: “Em segundo caso, eles (os atuais membros) sobreviveriam normalmente a essa reforma, mas os partidos menores, que não tem uma distribuição justa e honesta de fundo partidário e de tempo de televisão, continuariam do mesmo jeito. Tudo isso vai continuar, e a partir daí se elegerão as mesmas pessoas que, verdade seja dita, já fizeram muito pelo RN, mas que precisam se aposentar, porque são remédios vencidos na prateleira de democracia”, criticou.

Em 2018, será a segunda vez nesta década que Joanilson de Paula Rêgo disputará uma cadeira no Senado Federal pelo Rio Grande do Norte.

Nas eleições de 2010, o advogado foi candidato pelo próprio PSDC e alcançou 66.408 votos, em coligação denominada de “Mudança e renovação”, formada em parceria com o PP, o PRB e o PHS. Entre 2015 e 2016, ele exerceu o cargo de vereador de Natal.

 

Fonte: http://www.cearamirimlivre.com/2017/11/joanilson-rego-ze-e-gari-estao-vencidos.html?m=1