“Lidei com vida e morte ao mesmo tempo”, diz mãe solo de quadrigêmeos

Luciane com a irmã, Deisi, e os quatro bebês (Foto: Reprodução - Instagram)

A administradora Luciane Carvalho, 37 anos, se tornou a “mamãe trevo”. Teve a sorte (e o desafio) de se tornar mãe de quadrigêmeos na corajosa aventura de se embrenhar pela maternidade solo. Como se não bastasse tanta emoção, sua gestação se desenrolou junto ao  último fio de vida de seu pai, diagnosticado com uma doença agressiva. Nascimento e morte. Presenças e ausência. Esperança e dor. Foi sobre tudo isso que ela falou em seu depoimento à Crescer:

“Desde muito cedo tive o sonho de ser mãe, mas quis esperar pelo momento certo. Sempre tive a intenção de construir uma família, ter um parceiro, um marido…  Sonhava com isso. E fui tentando alguns relacionamentos que não vingaram, por vários motivos.

Então, estabeleci uma meta para a maternidade: queria esperar até os 39 anos, quando já teria me organizado financeiramente e também estaria no limite de idade para ganhar um bebê sem correr maiores riscos.

 

Fonte: http://revistacrescer.globo.com/Curiosidades/noticia/2017/09/lidei-com-vida-e-morte-ao-mesmo-tempo-diz-mae-solo-de-quadrigemeos.html

Leave a Comment