Abertas inscrições para processo seletivo de cursos técnicos do IFPB

445930e46894277b8d6b

Estão abertas até o dia 15 de julho as inscrições para os cursos técnicos subsequentes ao nível médio no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB). No total, estão sendo oferecidas 350 vagas nos cursos presenciais dos campi de Cabedelo, Campina Grande, Esperança, João Pessoa, Patos e Picuí. De acordo com a instituição, os alunos aprovados devem ingressar no segundo semestre letivo de 2016.

Segundo o IFPB, o processo de inscrição para esta seleção é presencial, por meio da entrega da documentação para análise curricular, mas antes é necessário que o candidato preencha um formulário de inscrição e um questionário socioeconômico online. Não há cobrança de taxa de incrição no processo. Confira aqui o edital e os detalhes sobre o processo.

O processo seletivo é feito de duas formas. O candidato pode protocolar o histórico escolar e o certificado de conclusão do ensino médio ou equivalente para que seja analisado o desempenho em língua portuguesa e matemática e a outra opção é protocolar o resultado obtido no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), por meio de documento emitido pelo site oficial do exame, para que seja analisada a média aritimética da nota de desempenho das provas de linguagens, códigos e suas tecnologias e matemática.

Para concluir a inscrição, é necessário protocolar, no campus para qual o candidato está concorrendo, uma cópia da cédula de identidade e comprovante de inscrição obtido com o formulário que foi preenchido online. A previsão é que o resultado seja divulgado no dia 22 de julho, com prazo para recursos.

Estão sendo oferecidas vagas para os cursos de informática, meio ambiente, edificações, eletrotécnica, mineração, manutenção e suporte em informática, cuidados de idosos e transporte aquaviário, além do novo curso de técnico em serviços jurídicos, no campus de Cabedelo.

Metade das vagas é reservada para quem é egresso da escola pública. Dentro desse montante, há reserva de 50% para quem tem renda familiar bruta per capita de até 1,5 salário mínimo. Nesse universo, há cota de 50% para pessoas que se auto-declaram pretos, pardos ou indígenas, conforme dito na legislação. O IFPB reserva ainda 5% do total de vagas para pessoas com deficiência.