Escola da Assembleia atrai jovens para cursos gratuitos

unnamed

Pensando no futuro, jovens estudantes buscam cursos de qualificação e reforço na Escola da Assembleia Legislativa

Ela gosta de ler sobre atualidades, ir ao cinema, sair com as amigas e suas disciplinas preferidas são biologia, português e inglês. Já ele gosta de praticar judô e musculação, automobilismo, ler livros de empreendedorismo, estudar biologia, química e português, mas diferente da maioria dos jovens de sua idade, não gosta de futebol. O que eles têm em comum? Ambos têm 16 anos e são os alunos mais jovens a realizarem cursos na Escola da Assembleia.
O nome dela é Lissa Araújo, aluna do 2º ano do ensino médio do Instituto Sagrada Família, moradora do bairro de Cidade Satélite. Soube da existência da Escola da Assembleia através do seu avô materno, que após se matricular num dos cursos falou à neta sobre a instituição. “Meu avô veio à Escola e ao voltar para casa, me falou com entusiasmo dela. Fiquei curiosa para conhecer. Vim, achei muito legal e de cara me inscrevi no curso de redação”, revela a adolescente.
Matriculou-se no curso de Português – Técnicas de Redação, com o objetivo de obter um melhor desempenho na escrita, pois este ano prestará o exame do ENEM para Medicina “Achei o curso muito legal e bastante proveitoso. Nele aprendi dicas e técnicas de redação, que jamais tinha visto na minha escola. Sem falar no excelente nível da professora que nos transmitiu o conteúdo com muita segurança. Hoje me sinto mais preparada para o ENEM”, declara Lissa. Questionada se pretende realizar novos cursos na Escola da Assembleia, a estudante foi enfática na sua resposta. “Sem dúvida. Quero sim realizar novos cursos, inclusive repetir o curso de redação, caso seja oferecido novamente. Pretendo estar ainda melhor preparada”.
Ele se chama Paulo Victor Henriques da Silva, mora em Nova Parnamirim, e cursa o 1º ano do ensino médio no Colégio Piaget. Na Escola da Assembleia realizou os cursos de Corel Draw/Photoshop, por se interessar em “inventar e mexer com imagens”. Durante todo o curso teve a companhia do padrasto Carlos Átila. Assim como Lissa, demonstrou satisfação não apenas com o conteúdo do curso, mas também, com o nível do professor.
“O conteúdo adquirido foi muito bom. Muita coisa que eu ainda não sabia, tive acesso nas aulas. Outra coisa que me impressionou foi o nível do professor, além da atenção e da preocupação que teve com os alunos. Ele se dirigia a cada um de nós para saber das dificuldades e não só buscou solucionar nossas dúvidas, como as resolveu realmente”, ressaltou Paulo Victor.
Também como Lissa, Paulo irá prestar o exame do ENEM, só que para o curso de Administração de Empresas. Outro ponto em comum entre os jovens é o de que pretendem retornar à Escola da Assembleia para a realização de novos cursos.
Os exemplos de Lissa e Paulo Victor podem ser seguidos por muitos outros jovens. A Escola da Assembleia está com inscrições abertas para 100 novos cursos neste segundo semestre. Confira a programação no site www.al.rn.gov.br/portal/escola ou ligue 3232.1001.

Assessoria