Há negociata envolvendo Amazônia, diz Marina Silva

Marina Silva, da Rede Sustentabilidade
Marina Silva: “O presidente Temer, vergonhosamente, com uma canetada, extingue a Reserva Nacional do Cobre” (Elza Fiuza/Agência Brasil)

São Paulo – A ex-senadora Marina Silva criticou, em vídeo postado em suas redes sociais, o decreto do presidente Michel Temer que extinguiu área de conservação na Amazônia. No vídeo, Marina chama as ações do governo de “negociatas” e afirma que o país está entregando terras da Amazônia para a grilagem.

O presidente Michel Temer extinguiu nesta quarta (23) uma área de reserva, na Amazônia, de 46.450 km² – tamanho equivalente ao do Espírito Santo -, na divisa entre Pará e Amapá, conhecida como Renca (Reserva Nacional de Cobre e seus Associados). A região possui reservas minerais de ouro, ferro e cobre.

“O presidente Temer, vergonhosamente, com uma canetada, extingue a Reserva Nacional do Cobre”, afirmou a candidata derrotada à Presidência da República em 2014.

Marina considerou que o decreto é parte de negociações do governo com o Congresso em busca de apoio. Marina lembrou a votação na Câmara dos Deputados que barrou a denúncia por corrupção contra Temer. Para a ex-senadora, o governo se envolve em “negociatas” com a base no Congresso em troca de apoio.

“Antes, se fazia decreto para criar unidade de conservação, terra indígena, para proteger recursos naturais”, disse Marina. “Agora estão fazendo decreto para acabar com o que foi feito em governos anteriores”, acrescentou.

 

Laia mais no Link: http://exame.abril.com.br/brasil/ha-negociata-envolvendo-amazonia-diz-marina-silva/

Leave a Comment