Secretaria de Ceará-Mirim diz que não tinha responsabilidade com a segurança

Em nota, a Secretaria de Meio Ambiente, Turismo e Desenvolvimento Econômico de Ceará-Mirim disse que, para emitir a licença para o evento Corrida nas Dunas, fez uma avaliação ambiental do ecossistema do terreno dunar, da fauna e flora e dos possíveis danos. A fiscalização e garantia da segurança, segundo a pasta, seriam de responsabilidade dos organizadores.

No evento houve um acidente que cominou com a morte, por atropelamento, do policial André Luis Josuá de Lima.

Dá pra se ver pela filmagem que não havia segurança para ninguém, o que poderia ter ocasionado uma tragédia maior.

Através de sua assessoria de imprensa, o Ministério Público Estadual informou que não houve denúncia prévia ao evento, contudo o órgão diz que vai se inteirar da situação e estudar a possibilidade de alguma ação.

Fonte: http://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/policia-investiga-acidente-em-que-homem-foi-atropelado-por-buggy-no-rn.ghtml